fbpx Skip to main content
Blog

Consultora de amamentação, quem é esse profissional?

By setembro 9, 2020setembro 24th, 2020No Comments

Nos últimos anos, voltamos a revalorizar a amamentação e cada vez mais estudos comprovam a eficiência, e a importância desse líquido precioso para o desenvolvimento das nossas crianças. Apesar de parecer instintivo, a amamentação pode ser exaustiva no início, e nada fácil quanto parece. Então, é ai que um profissional especialista, a consultora de amamentação, pode ser fundamental nos primeiros dias do bebê.

Para ser consultor de amamentação, deve se ter muito estudo na área. Estudos como a fisiologia humana, anatomia, crescimento e desenvolvimento do bebê até a primeira infância, saber um pouco de nutrição, ter habilidades de aconselhamento, escuta e comunicação, além de ser empático e cuidadoso. 

É um profissional capacitado a atuar de maneira institucionalizada (em empresas) ou em atendimentos domiciliares a fim de promover, facilitar e defender o aleitamento materno. Haaa, muito importante: tem como obrigação preservar o sigilo de suas mamães clientes, acolher sem julgar, e atuar com os cuidados devidos de proteção à saúde. 

Eu sou a Luiza Francynara, enfermeira especialista em cuidado materno infantil e vou te guiar nesse artigo!

Por que ter uma consultora de amamentação?

Acrescentar ou não no enxoval um profissional para te auxiliar durante a  amamentação?

Muitas vezes, quando se descobre a gestação, o mais preocupante são os gastos que virão e o que será essencial para esse bebê. A consultoria de amamentação muitas vezes é taxada como luxo e desnecessária, “afinal amamentar é fácil”, é “só colocar o bebê no peito”, “coisa de rico ter consultora de amamentação”… Tantas afirmações que se analisar bem estão erradas.

Vou te contar alguns motivos para ter uma consultora:

Já parou para pensar no gasto com leite artificial se o bebê e a mãe não conseguirem o aleitamento materno? 

O custo com consultoria de amamentação custa em torno de R$300,00 a R$1000 e tem o benefício do aleitamento durante todo o período mínimo recomendado (6 meses) e mais. O leite materno é o melhor alimento para o recém-nascido pois possui todos os nutrientes necessários para o bebê. O aleitamento favorece a proteção imunológica ao bebê e o retorno corpóreo materno (receber o calorzinho da mãe). Além disso, está sempre na temperatura ideal, não necessita de utensílios para armazenamento e ainda é ser gratuito. 

Comparando financeiramente com as fórmulas infantis mais utilizadas, os valores variam de R$28,00 à R$115,00. Uma média de preço R$68,93 por lata de 800gr. O custo desse alimento artificial, se utilizar apenas uma lata por semana, seria de R$ 3584,46 por ano utilizando apenas uma lata por semana. Portanto, vale lembrar que conforme o bebê vai crescendo a demanda aumenta! 

Ao ter uma consultora, terá uma profissional que dará apoio nos momentos iniciais mais difíceis, ajudará na avaliação do bebê, reconhecerá eventuais intercorrências a fim de sanar as dificuldades o quanto antes e mais, pode ser uma economia emocional e financeira pra vocês!

O que faz uma consultora de amamentação?

A consultora de amamentação mantém o foco na prática do aleitamento materno, mas para que seja viável e sem traumas, outros fatores devem ser abordados e acompanhados, antes mesmo do nascimento. Dessa forma, o trabalho é pautado na instrução e treinamento de toda família e até mesmo a sociedade. 

Alguns dos serviços oferecidos por esse profissional são:

  • Orientação dos pais e familiares antes e depois do nascimento quanto ao cuidado com o recém-nascido,
  • Auxiliar quanto aos gastos com utensílios desnecessários no enxoval,
  • Realização de cursos, e eventos como rodas de conversa materna, orientando toda família e sociedade, quanto às recomendações de acordo com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria,
  • Auxilia a gestante quanto ao cuidado nutricional, exercícios, e mudanças relacionadas à gestação,
  • Quando o bebê nasce auxilia na pega correta para amamentar, posicionamento para evitar desconfortos posturais na mãe, 
  • Avalia seio materno e boca do bebê, agindo de maneira preventiva a intercorrências,
  • E caso a mãe passe por alguma dificuldade esse profissional estará no apoio e cuidado pra sanar e orientar. 

As dificuldades mais comuns que a mamãe enfrenta e que a consultora pode acolher quando solicitada são: lesões mamilares, mastites, fungos nas mamas e dificuldades para colocar o bebê no peito. Porém existem muito mais trabalho e dedicação antes desse cuidado. Amamentar vai além de colocar o bebê no peito. É preciso conhecimento, dedicação, cuidado, amor, apoio e acompanhamento. 

“Boa parte das mães dá o peito para seus filhos, mas a maioria deixa de amamentar antes do que desejava, e poucas chegam ao período de dois anos que a OMS recomenda” González, Carlos.

Então, que tal ter uma consultora de amamentação pra chamar de sua? Se gostou do que leu por aqui, compartilhe com suas amigas gravidinhas e mães recentes!

Noeh, tecnologias para cuidar da vida!

Espero que tenham gostado! Se tiver dúvida é só perguntar que iremos te responder!

Um abraço apertado, com carinho da Noeh


Texto escrito pela enfermeira Luiza Francynara em parceria com a Noeh.

Luiza é mãe da Lelê e é especialista em cuidado materno infantil. Atende no Rio de Janeiro.

Para encontrar a Luiza:

Instagram: @luizafrancynara    Telefone: (21) 96542.7326   e-mail: luizafrancynara@gmail.com