Nossa história

Uma pitada de amor guiando a ciência e a tecnologia

 

Sobre Nós

Nossa inspiração

Sobre Nós

Nossa inspiração

Tive meu olhar direcionado ao mundo dos bebês quando fiquei sabendo que seria tia! O "Joca da dindinha" transformou meu olhar para o mundo dos pequenos a ponto de mudar completamente toda minha trajetória profissional e acadêmica.

O projeto de pesquisa embrião da Noeh surgiu no meu segundo mestrado! Pesquisei o desenvolvimento do pé infantil e como as superfícies onde esses pezinhos se desenvolvem podem interferir no desenvolvimento normal dos pés. Entendendo que havia uma oportunidade para contribuir com a saúde dos pequenos, após esse mestrado, me dediquei a entender mais sobre o desenvolvimento infantil para projetar o melhor calçado infantil que um bebê pudesse ter!

Dra. Ana Paula LageCEO Noeh - PhD em Produtos Pediátricos

Tive meu olhar direcionado ao mundo dos bebês quando fiquei sabendo que seria tia! O "Joca da dindinha" transformou meu olhar para o mundo dos pequenos a ponto de mudar completamente toda minha trajetória profissional e acadêmica.

O projeto de pesquisa embrião da Noeh surgiu no meu segundo mestrado! Pesquisei o desenvolvimento do pé infantil e como as superfícies onde esses pezinhos se desenvolvem podem interferir no desenvolvimento normal dos pés. Entendendo que havia uma oportunidade para contribuir com a saúde dos pequenos, após esse mestrado, me dediquei a entender mais sobre o desenvolvimento infantil para projetar o melhor calçado infantil que um bebê pudesse ter!

Dra. Ana Paula LageCEO Noeh - PhD em Produtos Pediátricos

Evoluímos para viver em um ambiente natural

Evoluímos para andar em um chão natural, irregular e dinâmico, como terra, grama, areia, pedregulho, etc. Esse tipo de terreno é naturalmente instável, isso exige que nosso pé ative toda a musculatura para se manter equilibrado. Esse esforço reverberando em todo nosso sistema musculoesquelético. Porém, a pouco mais de 100 anos aprendemos a andar em um chão pavimentado, reto e duro, e também usamos calçados que nem sempre são ideais.

Calçados e pisos inadequados podem atrapalhar o desenvolvimento do pezinho do bebê por não ativar corretamente a musculatura e/ou impedir o desenvolvimento natural dos ossos. Isso pode trazer futuros problemas, como pisada torta, pé plano, desgastes no joelho e até problemas na coluna.

O nosso pé é nossa base, uma base fraca compromete toda a estrutura do corpo por toda a vida. Por isso, o ideal para uma criança aprender a andar e desenvolver uma caminhada e um pezinho saudável é andar descalço em uma superfície natural. Mas, e os bebês urbanos?

Evoluímos para viver em um ambiente natural

Evoluímos para andar em um chão natural, irregular e dinâmico, como terra, grama, areia, pedregulho, etc. Esse tipo de terreno é naturalmente instável, isso exige que nosso pé ative toda a musculatura para se manter equilibrado. Esse esforço reverberando em todo nosso sistema musculoesquelético. Porém, a pouco mais de 100 anos aprendemos a andar em um chão pavimentado, reto e duro, e também usamos calçados que nem sempre são ideais.

Calçados e pisos inadequados podem atrapalhar o desenvolvimento do pezinho do bebê por não ativar corretamente a musculatura e/ou impedir o desenvolvimento natural dos ossos. Isso pode trazer futuros problemas, como pisada torta, pé plano, desgastes no joelho e até problemas na coluna.

O nosso pé é nossa base, uma base fraca compromete toda a estrutura do corpo por toda a vida. Por isso, o ideal para uma criança aprender a andar e desenvolver uma caminhada e um pezinho saudável é andar descalço em uma superfície natural. Mas, e os bebês urbanos?

Surge a Noeh

Para cuidar dos pezinhos permitindo que eles cresçam saudáveis, a Noeh desenvolveu o Noeh: um sapatinho que simula o chão natural, não interferindo na maneira em que as crianças andam quando estão descalças além de estimular a musculatura do arco plantar, a curvinha do pé.

Portanto, se o ideal é andar descalço em um terreno natural, a Noeh disponibiliza para os bebês urbanos, na principal fase da vida para a saúde dos pés, um mini solo natural com os mesmos padrões de andar descalço, sendo uma caminhada descalça protegida e saudável onde quer que a criança esteja!

Criando efeitos futuros um passo de cada vez!

Surge a Noeh

Para cuidar dos pezinhos permitindo que eles cresçam saudáveis, a Noeh desenvolveu o Noeh: um sapatinho que simula o chão natural, não interferindo na maneira em que as crianças andam quando estão descalças além de estimular a musculatura do arco plantar, a curvinha do pé.

Portanto, se o ideal é andar descalço em um terreno natural, a Noeh disponibiliza para os bebês urbanos, na principal fase da vida para a saúde dos pés, um mini solo natural com os mesmos padrões de andar descalço, sendo uma caminhada descalça protegida e saudável onde quer que a criança esteja!

Criando efeitos futuros um passo de cada vez!

Por que Noeh?

Noeh é cuidado com a vida, com a natureza, com a vida em pares. Significa conforto, vida longa.

  • Mais conforto para o seu bebê
  • Melhora o equilíbrio do seu filho
  • Testado e aprovado por organizações seguras e de credibilidade
  • Utilizado por milhares de crianças brasileiras
  • Design personalizado
  • Material de alta qualidade

Por que Noeh?

Noeh é cuidado com a vida, com a natureza, com a vida em pares. Significa conforto, vida longa.

  • Mais conforto para o seu bebê
  • Melhora o equilíbrio do seu filho
  • Testado e aprovado por organizações seguras e de credibilidade
  • Utilizado por milhares de crianças brasileiras
  • Design personalizado
  • Material de alta qualidade

A pesquisa

Leia mais

Duas informações científicas dentre tantas outras foram cruciais para o início da pesquisa que originou o Noeh. A primeira afirma que mais de 70% das crianças chegam aos 7 anos (quando o desenvolvimento da estrutura do pé se finaliza) com anormalidades nos pés, desde patologias comuns, como pé plano e pisadas tortas, à anormalidades mais complexas, sendo que somente 2% nascem com alguma patologia. Portanto, a grande maioria dos problemas são decorrentes de um desenvolvimento inadequado.

A segunda, afirma que pessoas oriundas de regiões não pavimentadas e com baixos recursos financeiros tem incidência mínima de pé planos e anormalidades ósseas nos pés.

Assim, após pesquisar os fatores que podem alterar a saúde dos pezinhos em desenvolvimento, passamos por inúmeras etapas para criar um mini solo natural dentro de um sapatinho que não alterasse a marcha das crianças e estimulasse a formação muscular normal, auxiliando assim, um desenvolvimento mais saudável dos pés e, consequentemente, de todo o sistema musculoesquelético.

Analisamos o comportamento de terrenos naturais quando são pisados e fizemos vários testes de materiais: em relação a absorção de impacto, a absorção de suor, a compressão e deformação, dentre outros, para verificar a semelhança de materiais comerciais com o terreno natural.

Foi feita uma análise antropométrica de 22 pezinhos de bebês de 1 a 24 meses, para entender qual eram as medidas padrões de um pezinho nessa faixa etária e ter essas informações como base para construir a forma do Noeh.

Para testar a eficácia do Noeh com os bebês, fisioterapeutas doutores e pós doutores em cinesiologia, neurociências, reabilitação, engenharia biomédica e engenharia mecânica, do Laboratório de Análise do Movimento da UFMG, fizeram testes de análise de marcha e eletromiografia muscular com 24 bebês (11 a 17 meses) no início da aquisição da marcha e verificamos que o Noeh não altera o padrão da caminhada da criança. A biomecânica da caminhada tem o mesmo padrão quando a criança está calçada com o Noeh ou descalça, o que não acontece com calçados comuns existentes no mercado.

Uma segunda análise foi feita visando a estimulação da formação do arco plantar. Essa pesquisa foi feita para analisar a ativação muscular dos pezinhos com o uso de calçados, comparou-se o Noeh também com a caminhada descalça e com outras 4 marcas relevantes e renomadas do mercado infantil brasileiro, algumas delas até dizem que o calçado auxilia a formação dos pés. Constatou-se, também pelos doutores e pós-doutores da UFMG, que o Noeh é o calçado que mais estimula a formação do arco plantar com uma diferença de mais de 50% do que a caminhada descalça e do calçado comum que mais estimula.

Foi constatado que os calçados comuns, a partir da análise de 16 marcas, alteram a marcha, desequilibrando e fazendo com que as crianças andem mais rápido, com passos mais longos e movimentando mais os joelhos e tornozelos. Não sabemos o resultado dessas modificações a longo prazo, pode ser um fator insalubre. Calçados devem ser projetados baseados na biomecânica da criança quando descalça. Assim, o Noeh cumpre a importante função de fazer o andar descalço, tarefa habitual natural da criança, ser semelhante, calçado com Noeh ou não.

A experiência é determinante na evolução do padrão da caminhada normal da criança nos primeiros meses de caminhada independente. O bebê está em constante mudança: por si só, precisa adaptar-se continuamente as variações de tamanho, peso, equilíbrio, etc. No entanto, um calçado que se destine a eles precisa, no mínimo, não ser só mais um fator de variação. Assim, o Noeh funciona para a criança como uma proteção ao ideal descalço.

Ver produtos

Quem está por detrás

Leia mais

A Noeh foi desenvolvida pela Anamê, um Instituto de Ciência e Tecnologoa em Saúde Infantil especializado em Design de produtos pediátricos tendo o movimento infantil como base para pesquisa.

A Anamê também é dirigida pela Ana. Ana especializou-se em desenvolvimento de produtos pediátricos em um dos melhores centros de saúde infantil dos Estados Unidos, a University of Michigan, no C.S. Mott Children’s Hospital. Junto a doutores de diversas áreas, executam projetos de inovação para criar produtos objetivando a saúde infantil.

Especialistas em design de calçados, engenharia, biomedicina, neurociências, química, reabilitação, cinesiologia, química e fisioterapia trabalham juntos para disponibilizar produtos realmente benéficos para as crianças. A cada projeto, doutores de diversas áreas, executam projetos de inovação para criar produtos que maximizam a saúde infantil.

Conheça a Anamê
QUERO COMPRAR

A pesquisa

Leia mais

Duas informações científicas dentre tantas outras foram cruciais para o início da pesquisa que originou o Noeh. A primeira afirma que mais de 70% das crianças chegam aos 7 anos (quando o desenvolvimento da estrutura do pé se finaliza) com anormalidades nos pés, desde patologias comuns, como pé plano e pisadas tortas, à anormalidades mais complexas, sendo que somente 2% nascem com alguma patologia. Portanto, a grande maioria dos problemas são decorrentes de um desenvolvimento inadequado.

A segunda, afirma que pessoas oriundas de regiões não pavimentadas e com baixos recursos financeiros tem incidência mínima de pé planos e anormalidades ósseas nos pés.

Assim, após pesquisar os fatores que podem alterar a saúde dos pezinhos em desenvolvimento, passamos por inúmeras etapas para criar um mini solo natural dentro de um sapatinho que não alterasse a marcha das crianças e estimulasse a formação muscular normal, auxiliando assim, um desenvolvimento mais saudável dos pés e, consequentemente, de todo o sistema musculoesquelético.

Analisamos o comportamento de terrenos naturais quando são pisados e fizemos vários testes de materiais: em relação a absorção de impacto, a absorção de suor, a compressão e deformação, dentre outros, para verificar a semelhança de materiais comerciais com o terreno natural.

Foi feita uma análise antropométrica de 22 pezinhos de bebês de 1 a 24 meses, para entender qual eram as medidas padrões de um pezinho nessa faixa etária e ter essas informações como base para construir a forma do Noeh.

Para testar a eficácia do Noeh com os bebês, fisioterapeutas doutores e pós doutores em cinesiologia, neurociências, reabilitação, engenharia biomédica e engenharia mecânica, do Laboratório de Análise do Movimento da UFMG, fizeram testes de análise de marcha e eletromiografia muscular com 24 bebês (11 a 17 meses) no início da aquisição da marcha e verificamos que o Noeh não altera o padrão da caminhada da criança. A biomecânica da caminhada tem o mesmo padrão quando a criança está calçada com o Noeh ou descalça, o que não acontece com calçados comuns existentes no mercado.

Uma segunda análise foi feita visando a estimulação da formação do arco plantar. Essa pesquisa foi feita para analisar a ativação muscular dos pezinhos com o uso de calçados, comparou-se o Noeh também com a caminhada descalça e com outras 4 marcas relevantes e renomadas do mercado infantil brasileiro, algumas delas até dizem que o calçado auxilia a formação dos pés. Constatou-se, também pelos doutores e pós-doutores da UFMG, que o Noeh é o calçado que mais estimula a formação do arco plantar com uma diferença de mais de 50% do que a caminhada descalça e do calçado comum que mais estimula.

Foi constatado que os calçados comuns, a partir da análise de 16 marcas, alteram a marcha, desequilibrando e fazendo com que as crianças andem mais rápido, com passos mais longos e movimentando mais os joelhos e tornozelos. Não sabemos o resultado dessas modificações a longo prazo, pode ser um fator insalubre. Calçados devem ser projetados baseados na biomecânica da criança quando descalça. Assim, o Noeh cumpre a importante função de fazer o andar descalço, tarefa habitual natural da criança, ser semelhante, calçado com Noeh ou não.

A experiência é determinante na evolução do padrão da caminhada normal da criança nos primeiros meses de caminhada independente. O bebê está em constante mudança: por si só, precisa adaptar-se continuamente as variações de tamanho, peso, equilíbrio, etc. No entanto, um calçado que se destine a eles precisa, no mínimo, não ser só mais um fator de variação. Assim, o Noeh funciona para a criança como uma proteção ao ideal descalço.

Ver produtos

Quem está por detrás

Leia mais

A Noeh foi desenvolvida pela Anamê, um Instituto de Ciência e Tecnologoa em Saúde Infantil especializado em Design de produtos pediátricos tendo o movimento infantil como base para pesquisa.

A Anamê também é dirigida pela Dra Ana. Ana é PhD em Design, Tecnologia e Ergonomia. Especializou-se em desenvolvimento de produtos pediátricos em um dos melhores centros de saúde infantil dos Estados Unidos, a University of Michigan, no C.S. Mott Children’s Hospital. Junto a doutores de diversas áreas, executam projetos de inovação para criar produtos objetivando a saúde infantil.

Especialistas em design de calçados, engenharia, biomedicina, neurociências, química, reabilitação, cinesiologia, química e fisioterapia trabalham juntos para disponibilizar produtos realmente benéficos para as crianças. A cada projeto, doutores de diversas áreas, executam projetos de inovação para criar produtos que maximizam a saúde infantil.

Conheça a Anamê
QUERO COMPRAR