fbpx Skip to main content
Blog

Consulta de puericultura: tudo que você precisa saber!

By julho 20, 2022julho 27th, 2022No Comments

que Ao longo dos anos, a assistência em saúde evoluiu em sua forma de abordagem. O que antes era focado apenas nas doenças, tornou-se um acompanhamento contínuo às pessoas. Por isso, há um grande destaque para a consulta de puericultura dos pequenos.

Falando um pouco de números, em 1990, a taxa de mortalidade nas crianças menores de 1 ano girava em torno de 47,1 a cada 1000 crianças nascidas. Já em 2010, caiu para 15,6, o que mostra uma grande melhoria nos cuidados.

Para continuar obtendo esse sucesso, é preciso não só intervir no problema, como também preveni-lo. Além disso, a detecção precoce possibilita uma intervenção em tempo hábil, com menor risco de complicações.

Entenda o que é uma consulta de puericultura

Mas, afinal, o que a consulta de puericultura tem a ver com toda essa análise de assistência? Bem, esse tipo de consulta retrata o acompanhamento que deve ser feito aos pequenos, sobretudo até os 2 anos de idade.

Para os pais de primeira viagem, sabemos que existe um pacotinho de dúvidas que devem ser sanadas o quanto anos. E, mesmo para as famílias que já viveram a experiência, sempre há algo de novo para aprenderem e serem alertados.

Por isso, é fundamental que seja uma via de mão dupla: tanto os pais procurarem por assistência, como os profissionais da saúde procurarem pelos pais. No SUS, essa busca ativa ocorre graças aos agentes de saúde.

É interessante ressaltar que as consultas vão muito além do aspecto biológico do baby. De fato, é avaliado como está o desenvolvimento, seja a alimentação, seja o crescimento. Porém, os aspectos psicossociais da chegada da criança são essenciais.

Quer um exemplo? É preciso saber como está a rede de apoio daquela mãe. Nessa perspectiva, incentiva-se a participação do pai e, também, dos demais membros da família. Além disso, é importante detectar situações de vulnerabilidade para buscar soluções.

Existem, ainda, outros pontos importantes que devem ser abordados, como o calendário de vacinação e a realização dos testes de triagem neonatal. Assim, há um menor risco de perder algum prazo e prejudicar a saúde do baby.

consulta de puericultura

Saiba quantas consultas de puericultura fazer

Você já sabe que a consulta de puericultura é uma maneira de acompanhar de perto a criança nos primeiros 2 anos de vida. Porém, os cuidados continuam mesmo após essa data — ainda que com prazos mais espaçados.

Idealmente, a primeira consulta deve acontecer nos primeiros 7 dias de vida. Ao nascimento, a criança passa por um exame físico detalhado, assim como ocorre no momento da alta hospitalar. Ali, a família é instruída sobre os principais cuidados nos primeiros dias.

Porém, é na primeira consulta de puericultura que mais aspectos serão abordados. Um deles é a vacinação, conferindo se a vacina BCG e hepatite B já foram aplicadas. Outro ponto importante é verificar se já foi realizado o teste do pezinho.

Portanto, as próximas consultas vão seguir a mesma linha: instruir sobre vacinação e outros cuidados. Nessa perspectiva, podemos acrescentar um detalhe importante: aleitamento materno, suplementações e desenvolvimento.

De fato, cada mês de vida do baby requer um olhar especial, envolvendo aspectos mais específicos. Por isso, a consulta de puericultura ocorre em momentos chave, como:

  • 1º ano de vida — na primeira semana e nos meses 1, 2, 4, 6, 9 e 12.
  • 2º ano de vida — nos meses 18 e 24.
  • A partir do 3º ano — anuais, próximas ao aniversário.

Veja o que é avaliado nas consultas de puericultura

Vimos, de modo geral, quais os principais temas abordados na consulta de puericultura. Vamos destacar, abaixo, um pouco mais sobre cada um. Acompanhe!

Imunizações

Vamos começar, então, pelas vacinas que os babies devem tomar. O calendário vacinal nacional determina que as vacinas que podem ser obtidas, gratuitamente, pelo SUS. Logo na primeira semana, os pequenos já precisam receber as primeiras picadinhas.

A consulta de puericultura é um importante método para alertar sobre as próximas vacinas e doses. Lembre-se que o sistema imune da criança ainda está em desenvolvimento e que muitas doenças podem ser mais graves caso não tenha sido feita a imunização.

Testes de triagem

Você sabe quais são os principais testes de triagem? Como o próprio nome sugere, eles atuam no rastreamento de doenças, como cardiopatias, anemia falciforme, hipotireoidismo congênito, surdez, e várias outras!

Sendo assim, são importantes para identificar o problema antes que ele se agrave e prejudique ainda mais o baby. Isso vai viabilizar intervenções em tempo hábil, evitando o surgimento de sequelas e maiores preocupações. 

Antropometria

o termo antropometria é menos popularizado, embora seja essencial para ser avaliado na consulta de puericultura. Na verdade, representa o conjunto de medidas realizadas para acompanhar o desenvolvimento do baby.

Assim, existem as chamadas curvas de crescimento. Elas podem representar a altura, o peso, o IMC ou mesmo o perímetro cefálico. Caso haja algum desvio do que é considerado habitual, é possível detectá-lo e tomar as devidas providências.

Sabia que a antropometria do pé é super importante para escolher o que calçar na sua criança? O desenvolvimento saudável dos pezinhos é essencial para um desenvolvimento motor ideal.

antropometria dos pés

Suplementações

Embora o leite materno apresenta em sua composição os nutrientes essenciais para o baby, alguns deles precisam ser suplementados. A vitamina D, por exemplo, produzida pelo contato do sol com a pele, deve ser administrada desde os primeiros dias de vida.

Por sua vez, o sulfato ferroso é indicado, no geral, a partir dos 6 meses de vida. Porém, é possível avaliar nas primeiras consultas se há necessidade de antecipar a prescrição ou mesmo se será necessário alguma outra suplementação.

Aleitamento materno

Por fim, um ponto fundamental para acompanhamento é o aleitamento materno. Sabemos que o principal ponto é que seja exclusivo e, se possível, em livre demanda até os 6 meses de vida. Depois disso, está indicada a alimentação complementar.

Porém, o que fazer se precisar interromper o aleitamento antes? E se houver algum problema que prejudique a amamentação? Tudo isso deve ser melhor avaliado ao longo das consultas.

amamentação

Vimos, então, que a consulta de puericultura é uma excelente forma de acompanhar de pertinho o desenvolvimento dos pequenos. Por meio dela, as famílias ficam cientes de todos os tipos de cuidados necessários com o baby, além de receber uma assistência completa e precisa para as necessidades. Isso afasta, ainda mais, aquele conceito antigo de abordar a apenas a doença e contribui para o que há de mais essencial nos conceitos atuais de saúde: a medicina preventiva.

Agora, que tal voltar um pouquinho no tempo e entender melhor sobre as consultas de pré-natal?

Referências

Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento.